domingo, Dezembro 24, 2006

quarta-feira, Julho 19, 2006

TEMPO
Tempo!Bendito tempo,que as dores sempre acalma,que aquieta as más lembranças,que preserva a criançaque levo escondida em minh'alma.

Tempo! Maldito tempo,que marca meu rosto com garras,que passa sobre meus sonhos,que rasga a mágica tênueda vida que se esvai nas floradas

Tempo,pudesse te dominar.sem medo, sem pejo de nada,um tango iria dançare enfeitar de alegria
os minutos que em mim se abrindo
nunca iriam passar.

Ah, tempo,pudesse te segurar
bem firme por entre os dedos,fixaria poente
sem cores de obra-prima,teceria belos casulos de luar e de neblina
para guardar meus segredos.
E os bem-te-vís, tempo,os ouviria cantar,sem pressa, parada no cais,lembrando quem bem-me-viu,e que levaste em tuas asas
para o mundo do nunca mais.

Tempo!Não tires assim meu alento,preciso já construir
as pontes dos bons intentos,romper distâncias, calar o pranto
enquanto busco o amor,que de maldade escondeste nas trevas do desencontro.

Tempo, fique mais,quero rever o mar,de longe e de perto amar,desfolhar muitos azuis,resplandecer em auroras,esquecida que nas horas
estás depressa a passar.

Por fim, como anjo vadio,planando sem eira nem beira,sobre abismos de saudade,hei de mostrar-te a verdade:não podes comigo, tempo,sou filha da eternidade.
Para reflectir...
um poema de Maria Lucia Vitor

Falta de tempo!

Falta de tempo!
É o que todo a gente se queixa. Hoje em dia não temos tempo para nada. E eu que o diga, que já não escrevo no meu blog há imenso tempo.
Ora vejamos: os pais trabalham cerca de 10 horas por dia, para darem tudo aos filhos, não tendo tempo depois para passar um pouco de "quality time" com eles; os jovens deixam sempre tudo para a última (nomeadamente, estudar para aquele grande teste) porque acham que têem imenso tempo, e depois o resultado é....; por norma deixamos de fazer coisas porque "amanhã é sempre outro dia", e depois quando damos por ela, o tempo passou, e não fizemos nada!; e etc, etc, etc... É como diz aquele provérbio, ou será ditado popular? - Não deixes para amanhã aquilo que podes fazer hoje!

quinta-feira, Maio 18, 2006

Aniversários

Bem, como já deu para reparar Maio é o mês de aniversários de grande parte das pessoas que eu conheço. Ora vejamos:
A minha mãe fez anos dia 10; a Cátia (amiga e colega de trabalho), dia 11; a minha paixão de infância, David Charvet, dia 15; a minha prima Fabiane, dia 20; a minha prima Carina, dia 24; e finalmente EU! dia 27. Bem, isto já são bolos e prendas a mais!

quinta-feira, Maio 11, 2006



Parabéns Cátia

Aproveita bem a tua folga e... diverte-te muito!



Parabéns Mãe!

Mãe

És o meu anjo da guarda.

És o sol que ilumina o meu dia.

Gosto muito de ti.

Mãe,

Foste tu que me criaste.

Quando penso em ti fico muito feliz.

És a estrela mais brilhante do mundo

que ilumina todos os dias a minha vida.

quinta-feira, Abril 27, 2006


Eu sei que está um pouco atrasado, mas...PARABÉNS MIGUEL!
O meu mano mais velho fez dia 24 de Abril 29 aninhos.
Quando lhe perguntei como se sentia, ela respondeu: "Velho e cansado!" Acredito! O meu irmão não tem tido uma vida muito fácil! Principalmente no campo amoroso. E o facto de lel viver sozinho, e em Aveiro, faz com que não o vejamos tantas vezes, e não possamos dar todo o nosso apoio. Mas mesmo assim, quase todos os fins de semana, a minha mãe vai lá. Ela ador aquilo! E eu também lá fui na terça-feira feriado para lhe dar um beijinho de parabéns e para comer uma fatiasinha de bolo. Que diga-se de passagem estava uma maravilha, ou não tivesse sido a minha mãe a fazê-lo!

Daqui a duas semanitas, mais ou menos, a minha mãe faz anos. 57!
Ela também não tem levado uma vida muito fácil, mas eu tenho feito tudo ao meu alcance para ajudá-la, mas às vezes não é suficiente.

Agora...o que haverei de dar a minha mãe?


quinta-feira, Abril 20, 2006

Querido diário,
terminei de copiar os meus posts para este novo blog. Finalmente! Já posso continuar com os meus relatos, mas neste momento não sei o que dizer.

Ah! Segunda-feira passada fui ao cinema. Eu e o meu namorado. (Ainda não te falei nele, pois não? Fica para a próxima!). Fomos ver Inside man. Adorei! E quem poder ir ver, deve! É sobre um assalto a um banco. Mas um assalto perfeito! Não posso entrar em pormenores, mas posso dizer que o assalto foi tão bem feito, que o cabecilha dos assaltantes fica escondido dentro do banco, só saindo uma semana depois...pela porta da frente, como se nada tivesse acontecido. E os colegas do crime? Sairam juntamente com os reféns, como se eles próprios fossem reféns! Isto porque estvam todos vestidos da mesma forma, e ninguém lhes tinha visto o rosto.
Muito bem feito! Um assalto perfeito! Sem ladrões, apenas um bando de suspeitos/reféns.
Com tantos filmes de assaltos perfeitos, já era de se esperar que alguém tirasse umas ideias para assaltarem um banco?!


Os meus amigos...

São poucos aqueles a quem eu posso realmente chamar de amigos.
Colegas tenho muitos, conhecidos...quem é que não tem? Mas amigos...
Quase todos os dias recebo e-mails sobre a amizade e como devo passar aquele e-mail a n-amigos porque senão algo trágico me acontecerá, ou perderei o meu grande amor...etc...
Mas afinal a amizade é mandar e-mails com uma pequena chantagensita camuflada?
No entanto, por outro lado, um amigo lembra-se sempre de nós, e o facto de ele ou ela se terem lembrado de mim quando enviaram esse e-mail, quer dizer que realmente é meu amigo.
Mas será? Até porque fazemos parte de uma lista interminavel de contactos onde basta um pequeno clique para um e-mail ser enviado a dezenas de pessoas ao mesmo tempo, sem que nos tenhamos dado ao trabalho de ler os seus nomes!
Uau! Isto da amizade é complicado!
Mas não se aplica apenas aos e-amails. As sms também funcionam da mesma maneira. Uma coisa é certa, se não fossem estas novas promoções das sms de borla das redes móveis, o pessoal andava sempre sem dinheiro no telemóvel de tantas sms que teria de enviar só para responder aquela mensagem que nos diz:"...envia esta mensagem a 20 pessoas de quem realmente gostas, e à meia noite terás uma surpresa...".
Por isso, venho por este meio pedir desculpa aos meus amigos por não reenviar as sms ou e-mails em cadeia, pois para mim a amizade tem mais valor do que um simples clique!
AMIZADE

Nenhum caminho é longo de mais quando um amigo nos acompanha.
Autor desconhecido

A ave constrói o ninho; a aranha, a teia; o Homem, a amizade.
William Blake

Conhecer alguém aqui e ali que pensa como nós e sente como nós, e que embora distante, está perto em espírito, eis o que faz da Terra um jardim habitado.
Goethe

quarta-feira, Abril 19, 2006

No Domingo foi a apresentação da campanha da quaresma pelo meu grupo. Não correu nada como eu estava à espera. Primeiro, o Padre Moura não concordou com a música que tinhamos escolhido para a dança."Return to innocence", dos Enygma. Ok, eu concordo, não é música para se por na igreja. Mas ele só não concordou porque era estrangeira e ninguém ir perceber. Depois, quando ia por o outro cd, vi que não o tinha trazido. Boa!!! Tive de pedir ao meu namorado para o ir buscar a casa, em menos de 10 minutos!!! Coitado!O que ele "correu" (de carro!).Como se não bastasse, quando ele chegou eu disse o numero da musica errado e quando começou a tocar...bem...era musica para chorar. "Cidade dos anjos", banda sonora. As crianças não dançaram, porque aquilo não tinha ritmo nenhum para dançar. Mas apesar de tudo, penso que correu bem. Os miudos portaram-se muito bem e teve significado. Foi importante e a mensagem fico explicita... (acho eu).

Amizade

Às vezes os melhores amigos em um ano, se tornam apenas bons amigos no próximo ano, já não se falem tanto no ano seguinte, e não tenham tempo de se falar no próximo. Então, eu só queria te dizer, que mesmo que nunca mais nós nos falemos, tu és especial para mim e fazes toda a diferença na minha vida, Eu preocupo-me contigo, respeito-te, e nunca te esquecerei.

Sou catequista

Eu sou catequista na Paróquia de Anta. Já faz 7 anos. Comecei com um grupo que está agora no 7º ano de catequese. Aprendi muito com eles. Eu não fiz a catequese até ao fim, por isso a caminhada que eles fizeram também eu a fiz. Há 4 anos atrás, comecei a dar catequese a outro grupo. Havia falta de catequistas em Anta. Parece que ainda há pessoas que acham que recebemos algum tipo de remuneração por esta actividade. É voluntário! Acreditem! Este ano tive de tomar uma decisão muito importante e difícil para mim. Com o trabalho, casa, namorado, catequese e uma série de outras coisas que uma pessoa tem de fazer diariamente, tive de deixar o meu grupo inicial. Custou-me imenso! E ainda me custa! Vi-os a crescer, tanto fisica como psicologicamente; de crianças a adolescentes; e sempre pensei que ia terminar a caminhada catequética com eles...mas infelizmente isso não vai acontecer. Posso sempre visitá-los, mas não é a mesma coisa. Para além de que uma simples visita não compensa a falta que eles me fazem! Por isso este ano estou apenas com os meus pequeninos. Estão entre os 9 e os 10 anos. Crianças, mas ultimamente tenho sido bombardeada com questões que só estava à espera que fizessem quando fossem para o 5º. Questões relacionadas com com a eterna rivalidade entre ciência e religião. Mas lá vou explicando da melhor maneira, sem atrofiar o cerebrosinho deles! Domingo eles vão fazer uma pequena coreografia na missa. Faz parte da campanha da Páscoa, e o 4º domingo da quaresma calhou-nos a nós. Estou completamente atrofiada! Tive de fazer um texto relacionado com a campanha, mas, Padre Moura, lamento muito mas esta campanha não me diz nada! "Quaresma: o bailado da alegria!" É dificil de se pegar e trabalhar com as crianças, quanto mais explica-la perante uma comunidade na missa!!! Mas já fiz o texto, só falta a correcção do Padre Moura. Espero não levar nas orelhas!!!
( Querido diário,
Bem, isto vai parecer um pouco estranho, mas tive de abrir um novo blog, porque o meu anterior tinha uns errositos que não dava para corrigir. Desta forma, copiei os meus posts todos para este blog, por isso não estranhes se as datas não coincidirem com os acontecimentos em si.)